meus orçamentos
LiveZilla Live Help
Conheça nossa loja.

Notícias

Novas normas para amarração de cargas

26/10/2018

Muitos dos produtos e mercadorias que circulam pelo nosso país é transportado em caminhões. Não há um dia sequer que os caminhões parem de rodar, pois muita coisa depende dessa circulação para funcionar. Mercadorias em mercados, produtos em lojas e muitos produtos essenciais para nosso dia a dia ficariam em falta caso houvesse algum tipo de problema nesse processo. Por isso, a atividade de transporte de cargas requer um nível de cuidado grande. Não é à toa que recentemente a amarração de cargas teve suas regras reformuladas pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito). É importante que você que trabalha como caminhoneiro, tenha as novas regras em mente e também fique atento as dicas para amarração de cargas que daremos ao longo deste artigo.

O que é a amarração de carga e como é feita?

Antes de qualquer coisa, é importante frisar que o sucesso no transporte de cargas depende e muito da correta amarração de cargas. A amarração de cargas consiste basicamente em amarrar as cargas corretamente nos caminhões, já que muitas das vezes as cargas precisam ser transportadas em grandes quantidades, ultrapassando o limite da carroceria em altura. Quando a amarração de cargas é feita de forma errada pode acabar resultando em perda de mercadoria, atrasos na viagem (atrasando a entrega e em alguns casos fazendo até que produtos sejam danificados e desperdiçados) e o pior, causar acidentes nas estradas. Por esses fatores, esse é um processo que deve ser feito com total atenção e cuidado. Além de tudo isso, escolher os equipamentos corretos é imprescindível para o sucesso do processo. Por isso, a Itacorda, empresa especializada na fabricação de cordas de qualidade, oferta aos seus clientes uma linha de equipamentos para a amarração de cargas. Conheça nossa linha profissional e escolha o produto adequado para você, tendo a confiança e segurança de um trabalho bem feito.

O que mudou nas normas de amarração de cargas?

Como dissemos, as normas relacionadas a amarração de cargas foram alteradas recentemente e é importante que você que é caminhoneiro ou trabalha em uma transportadora que usufrui dos serviços de caminhoneiros tenham as novas regras em mente, para que nenhum tipo de irregularidade ameace a segurança das pessoas na estrada e também não haja nenhum tipo de problema com a mercadoria transportada.

Para começar, a norma agora determina que é proibido a amarração de cargas com cordas, esse processo de amarração deve ser feito com cintas têxteis, correntes ou cabos de aço. A norma proíbe também que cabos e fitas fiquem presos diretamente na carroceria de madeira do caminhão, para que o desgaste na estrutura seja prevenido. A norma foi feita na realidade em 2017, valendo apenas para caminhões fabricados naquele ano, mas com a virada de ano a norma passou a valer para todos os caminhões. Motoristas pegos no trânsito desrespeitando essa norma, são devidamente orientados da nova norma e recebem uma multa no valor de R$195 e ainda são computados 5 pontos na CNH. A medida foi feita para contribuir na segurança nas estradas, evitando que acidentes com o deslocamento da carga e a perda dela sejam frequentes.

Qual o papel das cordas agora?

Apesar de ter o seu uso na amarração de cargas proibido, o uso de cordas ainda é muito importante no processo de transporte de mercadorias. As cordas podem e devem ser usadas para amarrar e fixar as lonas por cima do produto. Esse processo pode parecer bobo, mas ajuda ainda mais a proteger o produto transportado e com uma boa fixação, que é resultante da escolha certa das cordas usadas, a segurança é assegurada ainda mais. Por isso mais uma vez frisamos a importância de se atentar a qualidade dos produtos escolhidos para a amarração de cargas e para o seu transporte. A linha profissional da Itacorda oferece uma linha de produtos para amarração de cargas. Esses produtos são devidamente testados e estão de acordo com as normas exigidas.

Agora que você entendeu a nova norma para amarração de cargas seu trabalho se tornará ainda mais seguro e barato, já que não será pego de surpresa em nenhuma fiscalização. Se atente às normas e procure sempre estar de acordo, dessa forma você torna seu trabalho mais seguro para si mesmo e para os que viajam nas estradas ao seu redor.



+ Ver todas